quinta-feira, 11 de abril de 2013

Cinquenta Tons de Leitura

Quem me conhece sabe que eu adoro ler, leio de tudo, até rótulo de frasco de shampoo na falta de algo melhor... hehehe.
Quando criança fui rata de biblioteca, toda semana pegava o ônibus e ia até a Biblioteca Municipal de Limeira para matar minha fome de letras. Durante a faculdade, como trabalhei de bolsista na Biblioteca da Unicamp, consegui alimentar meu vício por literatura sem grandes dificuldades. Mas quando comecei a trabalhar o negócio ficou complicado e eu raramente conseguia ler algum livro. Agora graças aos E-books pude retornar a minha droga favorita – A Leitura.


Como disse, eu leio de tudo, de literatura nacional e estrangeira clássica a livros bobinhos para adolescentes (na verdade me divirto horrores com livros infanto-juvenis). Mas confesso que demorei a ler a trilogia hot “Cinquenta Tons de Cinza” de E. L. James.
Os três livros são bem legais e você acaba se envolvendo com as reviravoltas do atordoado romance da recatada Anastasia Steele com o poderoso e lindo Christian Grey. Lógico que os livros têm vários pontos fracos, como a repetição exagerada de algumas passagens e acontecimentos, mas é uma boa leitura para quem não tem preconceito em relação à literatura soft hot que vem fazendo sucesso atualmente.
E este é um ponto que me deixa um pouco revoltada, tem muita gente reclamando do livro e falando mal de quem o leu, tudo bem não gostar do livro, mas ninguém tem o direito de recriminar quem gostou, afinal “gosto não se discute, se lamenta”. E em uma época em que a leitura anda tão esquecida pelas pessoas, é preciso comemorar o fato de um livro (mesmo que com teor erótico) faça tanto sucesso e leve as pessoas a voltar a ler.
O que importa realmente é cultivar o habito da leitura, independente do tipo de livro escolhido.

Cinquenta Tons de Cinza (Fifty Shades of Grey)
Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja — mas em seus próprios termos.
Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso — os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família —, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos...


Cinquenta Tons de Mais Escuros (Fifty Shades Darker)
Assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Ana Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e concentra-se em sua carreira, trabalhando numa editora de livros.
Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir. Em pouco tempo, Ana descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível.
Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana se vê diante da decisão mais importante da sua vida.


Cinquenta Tons de Liberdade (Fifty Shades Freed)
Quando a ingênua Anastasia Steele conheceu o jovem empresário Christian Grey, teve início um sensual caso de amor que mudou a vida dos dois irrevogavelmente. Chocada, intrigada e, por fim, repelida pelas estranhas exigências sexuais de Christian, Ana exige um comprometimento mais profundo. Determinado a não perdê-la, ele concorda.
Agora, Ana e Christian têm tudo: amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de possibilidades a sua frente. Mas Ana sabe que o relacionamento não será fácil, e a vida a dois reserva desafios que nenhum deles seria capaz de imaginar. Ana precisa se ajustar ao mundo de opulência de Grey sem sacrificar sua identidade. E ele precisa aprender a dominar seu impulso controlador e se livrar do que o atormentava no passado.
Quando parece que a força dessa união vai vencer qualquer obstáculo, a malícia, o infortúnio e o destino conspiram para transformar os piores medos de Ana em realidade.


3 comentários:

Fernanda Assis disse...

Ei Carol,

Eu li e gostei, mas coloquei tbm montes de defeitos rsrs. Mas é isso mesmo, o legal é que tanta gente que nunca leu nada está lendo a trilogia. Os meus nunca ficam em casa, estão sempre emprestados, acho isso o melhor dos livros.
Outro ponto positivo é o crescimento do mercado hot, vários livros antigos sendo lançados pela primeira vez por aqui.
Adorei o post. ^^

bjs

Carol Celeghin disse...

É isso mesmo Nanda!
Não importa o que as pessoas estão lendo, o que importa é que elas estão lendo.

Beijinhos... Carol Celeghin

Géssica (Kinha) disse...

Ei flooor..
Que legal seu blog, acho que sou a unica que ainda não leu essa saga de livros...rsrsrs
Vim conhecer seu cantinho e aproveito para convidá-la para visitar meu blog de casamento, já me casei mas ainda sou apaixonada pelo assunto!
Além de casamento, falo sobre viagens, beleza e de tudo um pouco.. Espero que goste!
Além disso estão rolando dois super sorteios de aniversário no blog, as casadas tambem podem participar!
http://www.umalindapromessa.com/2013/04/sorteios-de-aniversario-pata-noivas-e.html

Beijo
;)